segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Parfait de Romã e Granola

Gosto de começar o dia desta forma bem saudável!
O Parfait é muito conhecido por ser uma sobremesa francesa sofisticada. Existem mil combinações de ingredientes para fazer esta deliciosa sobremesa, mas a verdade é que mais recentemente perdeu o título de sobremesa e passou a ser mais apreciado ao pequeno-almoço, ou até mesmo como lanche. 
Gosto muito da combinação de fruta com a granola e iogurte. 
Não é preciso perder muito tempo a prepará-lo e até pode ser feito no dia anterior.
Ingredientes: 
  • 1/2 chávena de iogurte grego
  • 1/4 chávena de granola 
  • 1/4 chávena de bagos de romã
  • 2 colheres de sopa de sementes de abóbora
  • 1/2 colher de sopa de mel
Preparação: 
Distribua a romã por copinhos ou frascos, formando uma primeira camada. Depois adicione uma camada de cada item.
Finalize com um toque de mel e mais bagos de romã.

Receita inspirada no workshop "Lanches Para o Regresso às Aulas” do querido Célio do Blog Sweet Gula
Que bom começar assim o dia!

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Cupcakes de Chocolate e Beterraba

Pouco preciso de dizer sobre esta dupla.
Existem combinações de alimentos que são perfeitas, é o caso do chocolate com a beterraba. 
Estes queques são absolutamente maravilhosos!
Todos temos aqueles dias em que a gula fala mais alto e estes bolinhos são delícias em ponto pequeno.
Cupcakes de Chocolate e Beterraba
Ingredientes: 
(para 12 unidades)
  • 180g de farinha de trigo com fermento
  • 180g de açúcar amarelo
  • 40g de cacau magro em pó
  • 150ml de margarina líquida Vaqueiro
  • 3 ovos grandes
  • 200g de beterraba cozida
  • 75g de chocolate em pó 
Preparação: 
Misture com uma batedeira eléctrica, a farinha, o açúcar, os ovos, a margarina, o cacau e o chocolate e bata tudo até estar bem combinado.
Adicione a beterraba ralada (use um ralador com os buracos grandes) à massa preparada. Envolva tudo com uma colher.
Divida a massa pelas forminhas de papel ou pelo tabuleiro de queques e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante uns 25 minutos.

Receita da querida Sílvia do Blog Bocadinhos de Açúcar
Bom apetite!

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Granola Caseira

A receita de hoje é uma deliciosa granola caseira.
É fácil de fazer em casa, conserva-se muito bem durante algum tempo e é uma ótima opção para um pequeno almoço saudável e rápido.
Existem vários tipos à venda em todos os supermercados, mas são poucas as que não abusam em açúcares e óleos.
Então, vamos lá fazer granola!
Ingredientes: 
  • ½ chávena de flocos  de aveia
  • ½ chávena de trigo espelta tufado (usei arroz tufado)
  • ½ chávena de floco de milho
  • 3 c.(sopa) de sementes de girassol
  • 3 c.(sopa) de sementes de abóbora
  • 2 c.(sopa) de sementes de linhaça 
  • 50 g de nozes grosseiramente picadas
  • 50g de amêndoas inteiras e com pele
  • 2 c. (sopa) de óleo de coco
  • 2 c. (sopa) de azeite
  • 1 c. (chá) de canela
  • 1 c. (chá) de gengibre em pó
  • 4 c. (sopa) de xarope de agáve (usei mel)
  • 4 c. (sopa) de lascas de coco
Preparação: 
Pré-aqueça forno a 170ºC. Forre um tabuleiro com papel vegetal e reserve.
Numa taça misture muito bem todos os ingredientes com excepção das lascas de coco.
Disponha a mistura no tabuleiro e leve ao forno durante 10 minutos. Terminado o tempo, retire do forno e mexa a granola com uma colher. Leve novamente ao forno mais 8-10 minutos.
Retire novamente do forno, junte as lascas de coco e volte a mexer. Leve ao forno mais 2 minutos.
Retire e deixe arrefecer completamente (a granola, enquanto estiver quente ainda vai estar mole; ela irá endurecer à medida que vai arrefecendo).
Guarde num frasco ou caixa hermética.

Receita do workshop "Lanches Para o Regresso às Aulas” do querido Célio do Blog Sweet Gula
Bom apetite!

domingo, 22 de outubro de 2017

Salada de Couscous e Romã

O calendário diz-nos que o Outono já chegou. Embora as manhãs e as noites estejam mais frescas, os dias de calor que vamos sentindo ainda pedem refeições leves, frescas e rápidas e as saladas continuam a ser uma óptima opção. Como acompanhamento ou como refeição principal as saladas são sempre uma boa sugestão. 
Esta salada com sabores de Outono vai para a rubrica da Martinha do blog Intrusa na Cozinha
Ingredientes:  (4 porções)
  • 200g de couscous
  • uma pitada de sal
  • 200ml de água fervente
  • 8 colheres de sopa de sumo de laranja
  • 3 metades pequenas de pêssego em calda escorrido em cubos
  • ¼ de chávena de amêndoa laminada torrada
  • 1 mão cheia de sultanas
  • 1 cebola pequena finamente picada
  • 6 folhas de hortelã picada
  • ½ romã
  • um fio de azeite extra-virgem
Preparação: 
Coloque o couscous numa taça e adicione o sal e a água, misture bem e deixe-o repousar durante 5 minutos.
Usando um garfo, mexa o couscous e adicione os restantes ingredientes e misture tudo muito bem. Tempere com o sumo de laranja e o azeite.
Simples e deliciosa! Bom apetite!

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Churros com Doce de Leite


Que tal uns churros com doce de leite para adoçar esta noite de chuva?
Não é à toa que não se diz um “churro”, dizemos “churros”porque é tão bom que se torna impossível comer um só!
Esta delícia de origem espanhola esteve sempre associada a parques, circos e feiras, e agora virou moda e podemos vê-los em quase toda a parte. 
É um doce simples que consiste numa massa de fácil execução e com ingredientes básicos, que vai a fritar em forma de tubinhos cilíndricos ranhurados e faz as delícias de todos.
Podem ser comidos ao natural, polvilhados com açúcar e canela, recheados ou molhados em doce de leite ou molho de chocolate. 
Aqui ficam os meus churritos, pois ficaram pequenos, mas igualmente deliciosos, para a 21ª edição do Sweet World.
Churros com doce de leite
Ingredientes: 
(rendeu 20 mini-churros)
  • 1 chávena (chá) de água
  • 1,5 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de açúcar + para polvilhar
  • 1 colher (café) de sal
  • 1 chávena (chá) de farinha sem fermento
  • 1 colher (chá) de fermento
  • 1 ovo médio
  • canela em pó
  • doce de leite (opcional)                                                              
Preparação: 
Leve ao lume num tachinho a água, com o açúcar, o sal e a manteiga. Quando ferver e a manteiga estiver derretida acrescente a farinha juntamente com o fermento e envolva rapidamente, mexendo sempre até a massa ficar macia e uniforme. 
Deixe arrefecer um pouco e acrescente o ovo mexendo energicamente. Quando o ovo estiver totalmente envolvido na massa, passe-a para um saco de pasteleiro com um bico decorado e de diâmetro reduzido, cerca de 1,5 cm (só tinha de 1cm).
Coloque o óleo para a fritura ao lume. Quando estiver bem quente comece a formar os churros directamente sobre o óleo, cortando a massa com uma tesoura quando tiver o comprimento desejado. Deixe fritar uns minutos até estarem com a cor douradinha desejada. Retire os churros do óleo e coloque sobre papel absorvente.
Polvilhe com açúcar e canela e coma simples ou na companhia de doce de leite ou molho de chocolate, de preferência quentes ou mornos.

Nota: por uma questão de segurança, para quem receia os salpicos de óleo, em alternativa ao fritar a massa fresca directamente no óleo quente, podem sempre ser formados sobre papel vegetal e levados a congelar antes de fritar.

Receita da querida Susana do Blog Basta Cheio 
Não ficaram perfeitos, mas posso dizer que foram os melhores que já comi!

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Pão de Soda com Sultanas e Sementes

Há alturas em que me apetece fazer pão. Pão, daquele caseiro, bem estaladiço!
Gosto de todo o processo que envolve a confeção do pão e adoro o cheirinho a pão acabado de sair do forno. Gosto de cortá-lo às fatias e barrá-lo com manteiga. Pão quente com manteiga é mesmo muito bom!
Este foi feito especialmente para celebrar o Dia Mundial de Alimentação e também aproveitar a oportunidade para relembrar a importância de uma alimentação saudável e equilibrada.
E uma vez mais aceito o convite para celebrar o World Bread Day
Posso dizer que não correu nada mal! Dos melhores que já fiz até hoje! 
Pão de soda com sultanas e sementes
Ingredientes:
  • 245g de farinha de trigo integral
  • 105g de farinha tipo 55
  • 280ml de água (usei 300ml)
  • 3 colheres de chá de fermento tipo Royal
  • 35g de mel
  • 7g de sal refinado
  • 90g de sultanas
  • 50g de sementes de girassol
  • 50g sementes de abóbora
Preparação:
Pré aqueça o forno nos 220ºC.
Unte uma forma para bolo inglês com cerca de 22 cm de comprimento com manteiga e polvilhe com farinha. Reserve.
Coloque todos os ingredientes num recipiente e misture, com a mão ou com a ajuda de uma colher de pau, até obter uma pasta semilíquida. Adicione um pouco mais de água, se necessário.
Coloque a massa na forma e leve ao forno durante cerca de 40 minutos. Se, a meio do tempo, o pão começar a ficar demasiado escuro, cubra com um pouco de papel alumínio
Desenforme e deixe arrefecer em cima de uma rede antes de cortar.

Receita do querido Chef Rui Ribeiro, do Blog Faz e Come
Happy World Bread Day!

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Bolo de Figo, Amêndoa e Alfarroba

A combinação de figo, amêndoa e alfarroba é algo que me soa sempre bem!
É um pouco como ter o Algarve à mesa e é o acompanhamento perfeito para este bolo numa tarde de outono, acompanhado por uma bela chávena de chá bem fumegante.
Bolo de Figo, Amêndoa e Alfarroba
Bolo: 
  • 200g manteiga c/ sal
  • 200g açúcar amarelo
  • 3 ovos
  • 180g amêndoa moída
  • 80g de farinha de espelta (ou de trigo, sem fermento)
  • 20g de farinha de alfarroba
  • 1 c. (chá) de sementes de baunilha
  • 1 pitada de canela em pó
  • 1/2 c. (chá) de extracto de amêndoa (opcional)
  • 100g iogurte grego
  • 12 figos frescos (ou em calda)
Preparação: 
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Forre uma forma de 24cm com papel vegetal.
Misture as farinhas com a amêndoa moída até obter uma mistura homogénea, reserve.
Bata a manteiga amolecida com o açúcar, cerca de 6 minutos, até ficar cremosa e esbranquiçada.
Junte a baunilha, o extrato de amêndoa (opcional) e a canela.
Adicione um ovo de cada vez e bata bem entre cada adição.
Incorpore a farinha em 3 vezes batendo na velocidade mínima e o menos possível (acabar com a espátula em movimentos circulares). Por fim junte o iogurte grego delicadamente.
Espalhe a massa na forma, alisando a superfície.
Corte os figos em quartos e distribua-os por cima da massa em círculo, sem pressionar.
Leve ao forno a 180ºC cerca de 45 minutos ou até o palito sair limpo.
Deixe arrefecer um pouco antes de desenformar.

Receita da querida Patrícia, do blog Coco e Baunilha
 Bom apetite!

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Bolinhos de Coco, Maçã e Aveia

Gosto muito de ter biscoitos em casa, de preferência caseiros, mas o frasco está vazio há algum tempo, e para resolver esse problema nada melhor que ir para a cozinha e por as mãos na massa. 
Em menos de nada temos uns bolinhos muito saborosos! São tipicamente secos, o que os torna o acompanhamento ideal de uma boa chávena de chá ou café.
Bolinhos de Coco, Maçã e Aveia 
Ingredientes: 
  • 200g de farinha de trigo
  • 180g de flocos de aveia integral (usei aveia normal)
  • 6 colheres de sopa de coco ralado
  • 1 maçã média ou 2 pequenas raladas 
  • 50g de margarina Vaqueiro sabor a Manteiga amolecida 
  • 80g de açúcar amarelo
  • 1/2 colher de café de gengibre em pó Margão
  • 1/2 colher de café de canela em pó Margão
  • 1 pitada de noz moscada Margão
  • 2 ovos L batidos
Método: 
Verta para dentro de um recipiente as farinhas, o coco e as especiarias, envolva com uma vara de arames. Faça uma cova ao meio. Junte os ovos ligeiramente batidos, amoleça a margarina e junte-a também. Por último rale a maçã e adicione-a ao resto dos ingredientes.Com as mãos misture todos os ingredientes de forma a que se liguem.
Pré-aqueça o forno nos 180º C. Forre um tabuleiro ( pode ser o do forno) com papel vegetal. Faça bolinhas de massa com as mãos e distribua-as afastadas umas das outras pelo tabuleiro.
Leve ao forno cerca de 20 minutos ou até verificar que estão douradinhos.

Receita da querida Dulce do Blog Cozinhadaduxa
Bom apetite! 

domingo, 8 de outubro de 2017

Tagine de Frango com Limão, Azeitonas e Legumes

A receita de hoje vem de outro continente. É uma receita de origem Marroquina, com sabores e cores bem típicas deste país.
Há uns 10 anos, eu e o meu marido fomos de férias a este país e posso dizer que foi uma das melhores férias que já tivemos. Adorámos tudo e a gastronomia, claro está, não foi exceção! 
Trouxemos algumas lembranças, mas não trouxe a tão desejada tagine, com muita pena minha!
Para quem não sabe, tagine é um prato tradicional típico de diversos países do norte de África, sobretudo de Marrocos, onde teve origem. Consiste num cozido ou guisado de legumes, geralmente com carne (principalmente frango ou cordeiro). É também, o nome da panela especial utilizada na sua confeção. Esta resiste a temperaturas elevadas de cozedura e é dotada de uma tampa cónica, concebida de forma que todo o vapor condensado volte para o fundo da panela. 
Este verão, uns amigos nossos foram a Marrocos e trouxeram-me uma, e agora sim, posso fazer as receitas com mais magia e encanto.
Aqui fica a minha primeira tagine para lhes agradecer!
Ingredientes: (3 pessoas) 
  • 1 frango partido em 8 bocados
  • 1 lata de azeitonas verdes sem caroço
  • 2 colheres de sopa de azeite 
  • Ras Hel Hanout: (usei 1 colher de café de: canela em pó, de gengibre em pó, de açafrão, de sementes de coentros, de sementes de mostarda preta em grão, de paprica doce, de sementes de funcho, 1 pitada de sal, de açúcar mascavado e 2 cardamomos)
  • 1 cebola média
  • 3 dentes de alho
  • 1 limão preservado (usei um normal com casca)
  • azeite q.b.
  • sal q.b.
  • 1 curgete média
  • 1 cenoura grande
  • 1 cálice de vinho do Porto
  • 1 tomate médio/grande partido em cubos
  • 1/2 pimento vermelho 
  • 200g de Couscous de trigo (para acompanhar)
Preparação: 
Comece por fazer a mistura de especiarias. Toste ligeiramente em lume brando as sementes de coentros, a mostarda em grão e o funcho para libertarem um pouco do seu óleo, de seguida coloque num almofariz, junte as sementes do interior dos grãos de cardamomo e moa tudo muito bem. Depois de moído passe por um passador bem fino para separar as pequenas cascas por moer e junte às restantes especiarias em pó. Moa tudo novamente até que os aromas se fundam entre si e reserve num frasco de vidro bem fechado para que o aroma permaneça o máximo de tempo possível.

Numa pequena caçarola leve 2 colheres de sopa de azeite ao lume e acrescente três colheres de chá da mistura de especiarias e mexa sem parar.
Coloque esse molho no frango previamente partido e sem resíduos de água. Com as mãos, envolva bem a carne neste molho e deixe o frango a marinar uma hora.
Quando forem horas de cozinhar o frango, deite um fio de azeite generoso no fundo da tagine. Junte o alho e a cebola às rodelas, o frango e regue com um pouco de vinho do porto, cubra a tagine com a tampa e deixe cozinhar lentamente por quinze minutos num fogareiro.
Destape e vire as peças do frango. Junte o limão (caso não tenha o preservado pode usar do normal sem problema, use também a casca que fica melhor), junte as azeitonas e os legumes, tempere com umas pedras de sal e tape novamente.
Deixe fervilhar mais 20 minutos, ou até o frango estar tenro e bem cozido. Sirva com Couscous.

Receita adaptada do blog Minha Marmita

Preparação dos couscous: 
Coloque os 200g de couscous num tabuleiro e regue com 2dl. de água bem quente.Deixe descansar durante cinco minutos.
Junte 1 colher de sopa de manteiga aos couscous e separe os grãos com a ajuda de um garfo.

Obrigada Inês e David! 
Adorámos!