terça-feira, 15 de agosto de 2017

Tarte de Pêssego e Amoras

Nesta altura do ano os pêssegos abundam por todo o lado, por isso toca a aproveitar esta fruta maravilhosa!
Sejam eles vermelhos ou mais alaranjados, com pêlo na casca ou sem, a verdade é que estão por aí a colorir e a perfumar os nossos dias.
Eu que gosto tanto de pêssegos, pus-me a pensar que este ano ainda não tinha feito nenhuma receita com eles, e aproveitei o desafio do Sweet World das queridas Lia e Susana , para os utilizar nesta deliciosa tarte de fruta.
Massa:
  • ½ chávena de farinha s/fermento
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 3 colheres de sopa margarina+2 colheres de sopa de manteiga, cortadas em cubos pequenos
  • 3 colheres de sopa de água gelada
Recheio:
  • 6 -7 pêssegos maduros em fatias
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
  • 1 chávena +1 colher de sopa de açúcar (cobertura)
  • uma pitada de canela
  • pitada de sal
  • 4 colheres de sopa de amido de milho
  • 10 amoras silvestres
Para fazer a massa:
Com um processador de alimentos, pulse a farinha, o sal e açúcar cinco vezes. Adicione a margarina e pulse 10 vezes até ficar uma mistura areada. Adicione a manteiga cortada e pulse mais um pouco ou até que a manteiga fique do tamanho de ervilhas. Adicione 1 colher de sopa de água, de cada vez, enquanto pulsa até que a massa comece a formar em bola.
Deite a massa numa superfície enfarinhada e divida-a em duas (uma ligeiramente maior do que a outra) e pressione para baixo, para formar um disco. Enrole em pelicula aderente e refrigere os discos por uma hora.

Para fazer o recheio:
Corte os pêssegos em fatias e coloque-os numa taça grande. Misture o pêssego já fatiado com sumo de limão, e 1 chávena de açúcar, a canela e o sal. Deixe o pêssego a macerar por uma hora. 

Pré aqueça o forno para 200ºC.
Retire a massa do frigorífico e estenda-a com o rolo numa bancada polvilhada de farinha. 
Forre uma tarteira de 22cm de diâmetro com esse disco e leve novamente ao frigorífico. 
Entretanto, estenda o outro disco e corte tiras longas com um cortador de massa e reserve.

Retire as fatias de pêssego da taça e reserve ½ chávena desse sumo de pêssego.
Num tachinho, adicione o amido de milho à 1/2 chávena de sumo de pêssego e mexa muito bem para se livrar de alguns grumos.
Aqueça o sumo de pêssego com amido de milho e algumas fatias de pêssegos em lume médio. Cozinhe até engrossar e com a ajuda de um garfo esmague os pedaços de pêssego.
Adicione esse puré aos restantes pêssegos e transfira para a tarteira já preparada.
Coloque as amoras silvestres sobre os pêssegos.
Com as tiras de massa faça uma decoração a seu gosto e polvilhe com um pouco de açúcar.
Leve a cozer ao forno por 25 minutos a 200ºC e depois reduza o calor para 180ºC e continue a assar por mais 15 minutos ou até ficar bem douradinha. Retire do forno e deixe arrefecer, leve ao frigorífico até servir.

Receita do blog Pint Sized Baker
Acompanhado com uma bola de gelado, fica ainda melhor! 

3 comentários:

  1. Olá Paulinha,

    Belíssima tarte a tua. E fizeste tão bem em usar pêssegos que encaixam na perfeição numa boa tarte de frutas. Foi também uma das frutas que usei e adoro.
    Imagino que tenha ficado uma delicia!
    Muito Obrigada por estares sempre connosco. :)

    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susaninha,
      Quem por aqui passa já se deve ter apercebido que sou uma grande apreciadora de tartes de fruta, e como tal não poderia deixar de participar no vosso Sweet World.
      Por incrível que pareça ainda não tinha feito nenhuma de pêssego, mal sabia eu o que andava a perder!
      Foi um sucesso, é uma tarte com sabor a verão! Adorámos!
      Obrigada e um grande beijinho,

      Paula G.

      Eliminar
  2. Paula, adoro os pêssegos e essas amoras silvestres maravilhosas fazem desta tarte uma irresistível tentação ^_^, gostei da idea da Susana e fiz uma para conhecer o desafio. Levou-me um pedaço desta delicia. Beijos!!

    ResponderEliminar