sábado, 17 de junho de 2017

Tarte de Cereja

Hoje trago uma tarte que me leva novamente aos meus tempos de infância!
Sempre adorei ver filmes de animação, e ainda hoje gosto, mas naquela altura uma das coisas que me deixava completamente deliciada eram as lindas e deliciosas tartes de cereja que eram sempre colocadas à janela a arrefecer. Lembram-se??
E havia sempre alguém que as levava, confesso que também me apetecia fazer o mesmo…
Hoje, decidi relembrar esses velhos tempos com esta linda tarte de cereja, e aproveito para a levar para a mesa da querida Martinha do blog Intrusa na Cozinha, cujo ingrediente são as lindas e deliciosas cerejas.
Tarte de Cereja
Para uma tarteira de 23 cm:
  • 3 chávenas de cerejas frescas inteiras
  • 20 g de amido de milho
  • 110 g de açúcar amarelo, ajustado de acordo com a doçura das cerejas
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 1/4 de colher de chá de extrato de amêndoa (não usei)
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal fria, corte em pequenos quadrados
  • 1 gema de ovo misturada com um pingo de leite para pincelar
  • açúcar amarelo q.b para a crosta de cobertura
Numa taça grande, adicione o açúcar, o amido de milho, o extrato de baunilha, extrato de amêndoa, sumo de limão e o sal, em seguida, adicione as cerejas.
Misture levemente. Reserve.

Para a Massa:
  • 215 g de farinha
  • 1 colher de café de sal
  • 1 colher de sopa mal cheia de açúcar, opcional
  • 150 g de manteiga sem sal muito fria, em cubos pequenos
  • 3 colheres de sopa de água gelada
Num robot de cozinha, adicione 150 g de farinha, sal e açúcar (opcional), pulse 2 a 3 vezes até ficar misturado.
Espalhe a manteiga sobre a farinha e pulse novamente até que uma massa ou pasta comece a formar, cerca de 15 segundos. (Não deve haver farinha sem estar misturada).
Raspe a taça com a ajuda de uma espátula, e redistribua a mistura de farinha-manteiga e acrescente a restante farinha. Pulse 4 a 5 vezes até que a farinha seja distribuída uniformemente. (A massa deve parecer areada). Por fim adicione as colheres de água e pulse mais um pouco até começar a ficar em bola.

Transfira a massa para uma superfície limpa e lisa,  trabalhe a massa apenas o suficiente para formar uma bola. Divida-a em dois discos.
Enrole cada disco com uma película de plástico e leve ao frigorífico pelo menos 1 hora ou até 2 dias. Você também pode congelá-la por até 3 meses (basta descongelá-lo durante a noite no frigorífico antes de usar).
Pré- aqueça o forno a 200ºC.

Retire metade da massa do frigorífico e deixe repousar à temperatura ambiente por 5 minutos. Numa superfície levemente polvilhada de farinha, desenrole a massa e faça dois círculos de 27 cm de diâmetro e com 2 milímetros de espessura.

Verta a massa para a tarteira e pressione cuidadosamente a massa ao fundo.
Coloque as cerejas descartando a maior parte do líquido reunido no fundo da tigela. (pode deixar a tarte mais amole)
Por fim junte os cubinhos de manteiga e tape a tarte com o outro disco.
Una as extremidades e depois dobre-as para dentro da tarteira e faça um ondulado de forma a deixar a sua tarte mais bonita. Pincele com a gema de ovo+leite e polvilhe com açúcar amarelo para deixar a massa mais crocante.
Vai a cozer ao forno por 15 minutos e depois reduza a temperatura para o 185ºC e deixe cozer por mais 15 minutos ou até estar douradinha.
Retire do forno e deixe arrefecer. Sirva simples ou acompanhada com uma bola de gelado de baunilha.

Receita do blog Inspired Taste
Deliciem-se e bom apetite!!

4 comentários:

  1. Adorei a sugestão, deve estar uma delícia!!!
    Beijinhos ...
    Blog: Guloso qb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carla,esta tarte ficou bem gulosa!
      Obrigada e um excelente domingo.
      Beijinhos,

      Paula G.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Obrigada querida Elisabete!!
      Uma verdadeira perdição ;)
      Beijinhos,
      Paula G.

      Eliminar